PROUNI

Programa Universidade para Todos – ProUni

O ProUni é um  programa do Ministério da Educação, criado pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005, que concede bolsas de estudo integrais e parciais de 50% em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. Para se inscrever no ProUni, além de ter feito o último ENEM e obtido a nota mínima estabelecida pelo MEC, é preciso que o estudante tenha renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio e satisfaça uma das condições abaixo:

a) ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;

b) ter cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

c) ter cursado todo o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral na instituição privada;

d) ser pessoa com deficiência;

e) ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Nesses casos não é exigida a comprovação de renda.

Obs. A referida nota é calculada somando–se todas as notas do Enem e dividindo pelo número total delas.

A inscrição é gratuita é feita exclusivamente pela internet no portal do ProUni. Para efetuar a inscrição, o candidato deverá informar seu número de inscrição, sua senha no último ENEM e seu número no Cadastro de Pessoa Física (CPF). Caso o candidato não se recorde de seu número de inscrição ou de sua senha no último ENEM, poderá recuperá–lo no endereço:http://sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem/

No portal do ProUni, o candidato pode pesquisar as instituições e cursos participantes do Programa. Ao efetuar a inscrição, o candidato escolhe as opções de instituições, cursos e turnos dentre as disponíveis, de acordo com sua ordem de preferência e conforme seu perfil socioeconômico.

As notas de corte de cada curso são informadas diariamente pelo sistema, a partir do segundo dia de inscrição, em caráter exclusivamente informativo. O candidato pode acompanhar as notas de corte e alterar suas opções até o encerramento do período de inscrição. A inscrição válida é sempre a última confirmada pelo candidato.

O ProUni reserva bolsas às pessoas com deficiência e aos autodeclarados indígenas, pardos ou pretos. O percentual de bolsas destinadas aos cotistas é igual àquele de cidadãos pretos, pardos e indígenas, em cada Estado, segundo o último censo do IBGE. Vale lembrar que o candidato cotista também deve se enquadrar nos demais critérios de seleção do ProUni.

Os resultados dos processos seletivos do ProUni são disponibilizados no portal do ProUni, na central de atendimento pelo telefone 0800.616161. É de inteira responsabilidade dos candidatos a consulta dos resultados, o cumprimento dos prazos estabelecidos, bem como o acompanhamento de eventuais alterações. Os Processos Seletivos do ProUni são regulamentados por Portarias Normativas do Ministério da Educação, publicadas pelo Diário Oficial da União.

Para mais informações, entre em contato com a FADMINAS.

prouniprouni